Meu SEO para otimização BING

Curso de Alvenaria - para profissionais e curiosos - CRD 2000

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Curso de Alvenaria - para profissionais e curiosos

Cursos Comercializados > Desenvolvimento > Profissional
  Publicidade
Curso de HP 48G


CRD 2000 PRODUÇÕES LTDA
Curso de Alvenaria


CURSO DE ALVENARIA
Alvenaria, pelo dicionário da língua portuguesa, é a arte ou ofício de pedreiro ou alvanel, ou ainda, obra composta de pedras naturais ou artificiais, ligadas ou não por argamassa.  Modernamente se entende por alvenaria, um conjunto coeso e rígido, de tijolos ou blocos (elementos de alvenaria) unidos entre si por argamassa.
A alvenaria pode ser empregada na confecção de diversos elementos construtivos (paredes, abóbadas, sapatas, etc...) e pode ter função estrutural, de vedação etc...Quando a alvenaria é empregada na construção para resistir cargas, ela é chamada Alvenaria resistente, pois além do seu peso próprio, ela suporta cargas (peso das lajes, telhados, pavim. superior, etc...). Quando a alvenaria não é dimensionada para resistir cargas verticais além de seu peso próprio é denominada Alvenaria de vedação.
CONTEÚDO:
1 -  ESTUDOS PRELIMINARES

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Elaborar um bom projeto arquitetônico;
Utilizando métodos simples, definir a planimetria e a altimetria de um terreno;
Analisar a topografia de um terreno;
Utilizar melhor a topografia dos terrenos.

1.1 Estudo com o cliente
1.2.Exame local do terreno
1.3 Limpeza do terreno
1.4 Levantamento topográfico de lotes urbanos
1.5 Nivelamento
2 - TRABALHOS PRELIMINARES

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Calcular os volumes de corte e aterro;
Realizar as compensações de volume;
Analisar e executar um canteiro de obras;
Realizar ou conferir a marcação de uma obra.  
2.1 Terraplenagem  
2.2 Instalação da obra
2.3 Locação da obra
2.4 Traçado
2.4.1 Traçado de ângulos retos e paralelas
2.4.2 Traçado de curvas
2.4.3 Locação de estacas
2.4.4 Locação da fôrma de fundação
3 - FUNDAÇÕES

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Determinar o número de furos de sondagem, bem como a sua localização;
Analisar um perfil de sondagem;
Saber escolher a fundação ideal para uma determinada edificação;
Especificar corretamente o tipo de impermeabilização a ser utilizada em alicerce;
Especificar o tipo de dreno e a sua localização. 
3.1 Sondagem
3.2 Escolha de fundações
3.3 Fundação direta ou rasa
3.4 Fundação indireta ou profunda
3.5 Impermeabilização
3.6 Drenos
4 - ALVENARIA

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Escolher a alvenaria adequada;
Orientar a elevação das paredes (primeira fiada, cantos, prumo, nível);
Especificar o tipo de argamassa de assentamento;
Especificar e conhecer o tipo de amarração;
Especificar os tipos de reforços nos vãos das alvenarias.
Executar corretamente os muros de fechamento de divisas.
4.1 Elementos de alvenaria
4.2 Elevação das paredes
4.2.1 Paredes de tijolos maciços
4.2.2 Paredes com blocos de concreto
4.2.3 Paredes com tijolos furados e baianos
4.3 Vãos em paredes de alvenaria
4.4 Outros tipos de reforços em paredes de alvenaria  
4.5 Muros
4.6 Argamassa - Preparo e aplicação
5 - FORROS

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Escolher o tipo de forro ideal para a sua edificação;
Executar corretamente os apoios das lajes pré fabricadas;
Especificar corretamente o escoramento e contraventamento das lajes pré fabricadas;
Especificar o tipo de armadura adicianal para as lajes pré fabricadas
Executar corretamente a cura e a desforma.
5.1 Forro de madeira
5.2 Lajes pré-fabricadas
5.2.1 Generalidades sobre a Laje Pré-Fabricada "comum"
5.2.2 Generalidades sobre laje treliça
5.2.3 Montagem e execução de lajes pré-fabricadas
6 - COBERTURA

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Escolher a estrutura de telhado adequada para cada tipo de telha;
Conhecer as diversas peças que compõe uma estrutura de telhado;
Escolher a telha ideal bem como as inclinações;
Especificar e dimensionar corretamente as calhas;
Desenhar todas as linha de telhado. 
6.1 Estrutura de madeira
6.1.4 Telhado pontaletado
6.2 Cobertura
6.3 Condutores
6.4 Dimensionamento das calhas
6.5 Formas dos telhados
6.6 Regra geral para desenho das linhas dos telhados
6.6.1 Exercícios para desenho de telhados
7 - ESQUADRIAS

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Escolher o tipo ideal de esquadrias verificando as suas vantagens e desvantagens;
Nivelar e colocar no prumo os batentes;
Especificar corretamente o tipo de fixação dos batentes nas alvenarias e/ou estruturas;
Especificar as ferragens adequadas para cada tipo de esquadria de madeira
7.1 Esquadrias de madeira
7.1.1 Portas
7.1.3 Janelas
7.1.4 Tipos de janelas de madeira
7.2 Esquadrias de metal
7.3 Representação gráfica
7.4 Dimensões comerciais
8 - REVESTIMENTO

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Analisar o tipo de revestimento que mais se enquadra para uma determinada superfície;
Executar corretamente os diversos tipos de revestimentos;
Especificar corretamente o tempo de cura de cada revestimento;
Especificar a regularização adequada para um determinado piso;
Executar corretamente o assentamento dos pisos;
Executar corretamente os pisos de concreto armado
8.1 Argamassas
8.2 Gesso
8.3 Azulejos
8.4 Pastilhas
8.5 Revestimento de pisos
8.5.1 Preparo do piso
8.5.2 Piso cimentado
8.5.3 Pisos de madeira
8.5.4 Pisos cerâmicos
8.5.5 Porcelanato
8.5.6 Carpete  
8.5.7 Granilite
8.5.8 Pedras decorativas
8.5.9 Pedras brutas
8.5.10 Pisos vinílicos  
8.5.11 Pisos de borracha
8.5.12 Pisos laminados
8.5.13 Piso de Concreto
9 - MANIFESTAÇÕES, ASPECTOS, CAUSAS PROVÁVEIS E REPAROS EM REVESTIMENTO

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Saber analisar as manifestações apresentadas nos revestimentos;
Saber as causas prováveis das patologias dos revestimentos;
Especificar corretamente os reparos;
Especificar os materiais ideais para os revestimentos. 
9.1 Análise das causas
9.1.1 Causas decorrentes da qualidade dos materiais utilizados
9.1.2 Causas decorrentes do traço da argamassa
9.1.3 Causa decorrente do modo de aplicação do revestimento
9.1.4 Causa decorrente do tipo de pintura
9.1.5 Causas externas ao revestimento
9.2 Reparos
10 - TINTAS E VIDROS

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Escolher o tipo de tinta ideal para a sua edificação;
Especificar corretamente o preparo das bases para a aplicação das tintas;
Especificar corretamente o esquema de pintura;
Verificar a qualidade das tintas;
Classificar corretamente os vidros;
Especificar corretamente a colocação dos vidros. 
10 1 Seus tipos
10.1.2 Sua qualidade
10.1.3 Preparação da superfície
10.1.4 Esquema de pintura
10.1.5 Cuidado na aplicação das tintas
10.1.6 Condições ambientais durante a aplicação
10.1.7 Material de trabalho
10.1.8 Rendimentos
10.2 Vidro
10.2.1 Vidro temperado
11 - DETALHES DE OBRAS COM CONCRETO ARMADO

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Escolher os tipos de materiais ideais para execução de obras utilizando concreto armado;
Especificar corretamente as fôrmas o ecoramento e o contraventamento;
Especificar corretamente as armaduras bem como a sua posição;
Especificar corretamente a concretagem e o adensamento;
Especificar corretamente a cura e a desforma. 
11.1 Materiais empregados em concreto armado
11.2 Sistemas de fôrmas e escoramentos convencionais
11.3 Recomendações quanto ao manuseio e colocação das barras de aço
11.4 Como se prepara em bom concreto  
11.4.4 Aplicação do concreto em estruturas  
11.4.6 Cura
11.4.7 Desforma
11.4.8 Consertos de falhas
12 - ESCADAS

APÓS ESTUDAR ESTE CAPÍTULO; VOCÊ DEVERÁ SER CAPAZ DE:
Escolher o tipo de escada ideal para a sua edificação;
Calcular corretamente as escadas;
Executar corretamente a escada calculada.

12.1 Condições gerais, normas e terminologia
12.2 Cálculos e desenhos práticos de escadas
12.3 Escadas com seções em curva
12.4 Escadas de segurança
12.5 Como executar as escadas na obra  

ANEXOS:
Ferramentas
EPI - Equipamentos de proteção individual
Pregos na escala 1:1
Tabelas para obras em concreto armado
Tabelas de pesos específicos de materiais usuais
Tabelas para caibros e terças
Referências Bibliográficas

Apresentação:  Formato Adobe (interativa)
Quantidade de Páginas: 301
Ilustrado: Sim



BRINDE - EXTRA:
MONTE SEU PRÓPRIO AQUECEDOR SOLAR

Os três experimentos sugeridos nesse manual possibilitam observar o aquecimento de água em diferentes situações. Caso tenha condições de construir dois KIT´s pode-se realizar, ao mesmo tempo, experiências comparativas, permitindo analisar os resultados e perceber como a alteração de uma simples variável influencia no aquecimento de água. Constam neste manual, o material necessário e o procedimento de montagem do KIT. O material pode ser encontrado nas lojas de materiais de construção e a montagem é simples.
Este manual foi desenvolvido de forma simples e prática para ser aplicado em todo e qualquer tipo de residência. Seguindo os passos corretamente e usando os materiais informados, a funcionabilidade do projeto é de 100%, pois tudo foi testado e aprovado. Para algumas etapas faz-se necessário um conhecimento de montagem e construção, mesmo que básico, mas necessário para que tudo ocorra bem.
CONTEÚDO:
Sol, homem e energia
1. O aquecimento de água para banho no Brasil
Caixa de água quente
2-Coletores solares simplificados
3-Misturador de água quente
2. Materiais do KIT didático do ASBC
Lista de Peças
Lista de Ferramentas
Lista de Complementos
2.3 Preparação antes de iniciar a montagem
2.4 Descrição da montagem do coletor
2.5 Descrição da montagem do reservatório
2.6 Juntando o reservatório e o coletor solar
Considerações Finais
Apresentação:
Formato Adobe (interativa)
Ilustrada:  Sim
Quantidade de Páginas: 13


NOTA: Esta Apostila tem apresentação no formato passo a passo para que você construa seu próprio aquecedor solar sendo totalmente ilustrada. Não está ligada ao Curso de Alvenaria, enviamos a você como um BRINDE-EXTRA devido a importância do tema para alguns.

A alvenaria era impotante a milhares de anos e continua sendo hoje, revelando-se como uma profissão altamente rentável, para quem trabalha com dedicação e parcimônia. Seviços de pedreiros são constantemente requisitados para confecção de paredes, abóbadas, sapatas, vedação, e até mesmo para construção de casas inteiras, principalmente casas de veraneio. Este curso não tem a pretenção de substituir o trabalho do arquiteto e do engenheiro, mas tanto estes como mestres de obras, pedreiros e curiosos, farão bom proveito dele.


Download: R$33,90

CD Rom: R$48,90

Pen Drive: R$68,90

Caso tenha dúvidas sobre a entrega, acesse: Sobre a Entrega de Produtos.

Caso tenha dúvidas quanto a melhor modalidade de pagamento, acesse Como Pagar.

Todo conteúdo do curso descrito na página é rigorosamente enviado, seja qual fôr a sua opção de recebimento. O conteúdo bem como sua disposição de apresentação é a mesma em qualquer modalidade de recebimento. A mesma árvore de diretórios (pastas) que você recebe por download, receberá em cd rom ou pen drive, tudo organizado em diretórios (pastas), para facilitar sua leitura e estudo. Você esta comprando em uma empresa com mais de 15 anos de tradição na intenet. Acesse nossa Política de Privacidade caso deseje, ou Sobre a CRD 2000 caso queira nos conhecer melhor.

Clique na imagem abaixo caso deseje concluir sua compra, depositando diretamente em uma de nossas contas (Bradesco ou Caixa Econômica), você será direcionado(a) para nosso Formulário de Pedido:

Utilize a caixa abaixo para fazer sua opção de recebimento e pagar junto a Paypal, com parcelamento de até 6 vezes sem juros no Cartão de Crédito (compra segura). Você será direcionado para Paypal (abre em nova janela).

Opções de Entrega

Todas as imagens da página capturadas na internet, e meramente ilustrativas.


  Publicidade
Curso de HP 12 C (incluí calculadora virtual)
Curso de Oratória
Curso de Bricolagem - Faça Você Mesmo!
Curso de Marcenaria (do básico ao avançado)
CRD 2000 - 1998 / 2018 - Todos os direitos reservados
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal